Informações Úteis

Área: 401,6 km²
População: +/- 276.000
Clima: temperado

Valparaíso

Valparaíso
4 4 2 comentários
Obrigado pelo seu voto.
O melhor do litoral do Chile fica a pouco mais de 100 km da modernosa Santiago. A primeira parada obrigatória deve ser em Valparaíso, que abriga o principal porto chileno e se tornou a capital legislativa do país. Também não é para qualquer cidade-praia o status de patrimônio cultural da humanidade, título conferido pela Unesco.

Fundada em 1536 e cercada por dezenas de cerros (morros), Valpo, como é carinhosamente apelidada, transborda charme e história. As ruas e ladeiras estreitas, os morros que viraram bairros, o colorido das casas coloniais de arquitetura inglesa e os ascensores (elevadores) centenários compõem parte do cenário que inspira poesia. A vista que se tem do Pacífico é deslumbrante em qualquer ponto da cidade portuária, tanto da parte alta quanto da baixa.

Sua vocação acadêmica, incluindo diversas universidades, garante o espírito boêmio em qualquer época. A noite lá é até mais concorrida do que a da vizinha – não menos badalada – Viña del Mar. Os alegres moradores locais são chamados de porteños, assim como em Buenos Aires. E os estrangeiros, como alemães, franceses e chineses, aparecem em grande número.

O ponto alto da atmosfera festeira acontece no Réveillon, com uma queima de fogos das mais famosas do país. Que estoure o primeiro rojão quem nunca sonhou com um destino ‘valparadisíaco’ pra aprender e comemorar em grande estilo!

Informações Gerais

  • DDI: 32
  • Língua oficial: espanhol
  • Moeda: peso chileno
  • Fuso Horário: -1h
  • Clima: O verão é uma ótima época para visitar a cidade. O sol aparece perto das 5h e às 23h o céu ainda está iluminado!
  • Distância: Está a 120 quilômetros de distância da capital chilena Santiago.
  • Não se esqueça que a equipe da CI está a sua disposição para dar todas as informações que vocês precisar. Pode perguntar tudo que a gente promete respirar fundo e te ajudar. Procure a loja mais próxima de você.

Cultura

Valparaíso e a cultura andam juntas!

A cidade portuária possui uma forte atividade cultural, tanto que suas ruas transpiram toda essa cultura, com a história, poesia e tradição que lá existem.

Locais como o Museu Municipal de Belas Artes, o Museu do Mar Lord Thomas Cochrane, a Galeria Municipal de Arte Valparaíso, o Museu de História Natural e a Casa Museu La Sebastiana, entre outros, são referências de arte da cidade.

Outro ambiente cultural imperdível de Valparaíso é o Museu a Céu Aberto, nele existem murarais feitos por reconhecidos pintores como Nemesio Antúnez e Roberto Matta, entre outros.

Isso sem mencionar o clima universitário da cidade. Valparaíso contém cinco universidades tradicionais, que são que são a Universidad Técnica Federico Santa María, a Pontificia Universidad Católica de Valparaíso, a Universidad de Playa Ancha de Ciencias de la Educación, a Universidad de Valparaíso e a Universidad de Los Lagos, e mais as instituições privadas.

Cultura é o que não falta para você desbravar em  Valparaíso.

Passeios

A região plana da cidade abriga o comércio, os serviços e as atividades portuárias. O centro histórico fica justamente na parte baixa. Uma mistura de vielas, becos, praças e calçadões. A maior referência é a Plaza Sotomayor, junto ao porto e cercada de construções públicas e simbólicas, como a sede da Armada Chilena. Outra praça importante da região central chama-se Victoria. Lá, se encontram o Congresso Nacional, a catedral, a biblioteca e outros prédios.

Muitos pontos da orla marítima também foram revitalizados. A grande atração está no Paseo Wheel Wright/ Muelle Baron, um calçadão cheio de mirantes, espaços verdes e ciclovia para tirar um lazer à beira do Pacífico. Ainda ao lado da zona portuária, o Muelle Prat é o ponto de embarque para os passeios de barco ao redor da baía. Além disso, o lugar tem uma feirinha de artesanatos e uma velha réplica do Santiaguillo, o primeiro navio espanhol que chegou à costa chilena.
 
Já do alto dos cerros (morros) existem diversos bairros que convidam ao passeio. Para subir até lá, basta pegar um dos 15 ascensores (elevadores), funiculares ou encarar as ladeiras a pé. Pelo caminho, é possível se deparar com muitos cafés, restaurantes e lojas.

Inaugurado em 1883, o Ascensor Concepción é o mais antigo e leva até o turístico bairro homônimo. O distrito é reduto de igrejas e casas de época, além de um dos terraços mais elegantes de Valpo, onde a vista do Pacífico se insinua espetacular. Ao mesmo tempo, o Ascensor Artillería conduz ao mirante mais frequentado da cidade: o arborizado Paseo 21 de Mayo. Considerado o melhor local para ver os fogos de artifício do badalado Ano-Novo, o topo hospeda ainda uma feira de artesanatos e o Museo Naval y Marítimo. Vale a pena conferir!

Cultura

Além de ser patrimônio da humanidade e capital legislativa do Chile, já que é sede do Congresso Nacional desde 1980, Valparaíso pulsa em arte. As expressões vão desde sua arquitetura de herança colonial inglesa e alemã, até os grafites em muros antigos espalhados por suas ruas e ladeiras. Suas cinco universidades também contribuem com a efervescência cultural da região, que já foi moradia de renomados artistas, pintores e poetas chilenos.

Símbolo cult  e poético da cidade, La Sebastiana é uma das três casas de Pablo Neruda no país, ganhador do Prêmio Nobel de Literatura. O imóvel de cinco andares virou museu, com objetos pessoais do poeta e de sua paixão pelos mares. Em muitos pontos de Valpo, como na Plaza Sotomayor, há também monumentos dedicados aos heróis da guerra do Pacífico, entre Chile e Peru, no século 19.

E tem mais: o Museu Naval e Marítimo faz homenagem à armada chilena. O Museu Municipal de Belas Artes fica em um palácio deslumbrante. Enquanto o Museu de História Natural exibe acervo antropológico e arqueológico de culturas chilenas. Para fechar com chave de ouro, percorra a exposição do Museu a Cielo Abierto (Museu a Céu Aberto). Trata-se de um circuito dos já citados murais grafitados por ruas e calçadas do bairro Cerro Bella Vista.  |

Pensa que acabou? Anote na agenda: em março, fazem parte da tradição local as festas de vindima (colheita de uva) nas regiões vinícolas. Então, um brinde à cultura chilena.

Comida

Em Valpo, a cozinha popular e típica chilena predomina sobre restaurantes sofisticados e de culinária internacional. Nem por isso, o balneário deixou de virar um polo gastronômico do litoral chileno, com muitos chefs em ascensão. A especialidade de muitas casas está nos frutos do mar, com destaque para os pratos à base de peixes e mariscos. As empanadas, espécie de pastel, são outra delícia local e vêm com recheios de marisco e caranguejo.

Há uma porção de restaurantes populares no centro antigo da cidade, muitos deles com decoração portuária. O turístico bairro Cerro Alegre também abriga bons lugares para comer e muitas cafeterias. Mas nada se mostra mais especial do que provar as iguarias regionais nos dois mercadões de Valparaíso.

Com arquitetura diferenciada, o Mercado Puerto é o mais antigo. Enquanto o Mercado Cardonal tornou-se o principal centro de abastecimento da cidade, com frutas, verduras, carnes e pescados. Em comum, ambos reúnem marisquerias, restaurantes e barracas com iguarias típicas a preços mais em conta. Vale a pena visitá-los.

Noite

Recebendo milhares de turistas aos fins de semana, Valparaíso se transforma na praia mais baladeira do litoral chileno. Sua fama boêmia também se explica pela maciça presença de estudantes universitários na cidade portuária. O point dos jovens antes de cair na noite é a Plaza Aníbal Pinto. Lá, eles ficam batendo papo e bebendo sentados na calçada e escadarias.

O agito esquenta em bares e discotecas abertas até altas horas. A maioria das casas fica na parte baixa e antiga de Valpo. As ruas Blanco, Errázuriz, Cumming e a subida Ecuador são os principais endereços da diversão. O repertório vai de música folclórica chilena a rock e eletrônico.

Compras

É na região portuária e plana de Valpo onde se encontra a maioria do comércio e serviços. A avenida Argentina, na entrada da cidade, tem feira livre e até um mercado de pulgas aos domingos.

As feirinhas e lojas de artesanatos também se espalham pelo balneário histórico, com destaque para os objetos de suvenir e as cerâmicas chilenas. As ladeiras do Cerro Alegre, em especial a rua Almirante Montt, dispõem de uma das melhores zonas de compras e consumo da cidade, incluindo restaurantes, bares, galerias e lojas descoladas.

Transporte

O viajante pode chegar a Valparaíso de carro ou ônibus via Rota 68, a partir de Santiago. Na principal praça do centro da cidade, a Plaza Sotomayor, há a linha do metrô de superfície Merval (Metro Regional Valparaíso) até a vizinha praiana Viña del Mar.

O transporte em Valparaíso segue a mesma linha da capital chilena. É servido de táxis individuais ou coletivos, que levam até quatro passageiros a bordo, além de micro-ônibus ou trólebus. O grande diferencial por lá a favor do trânsito de pedestres fica a cargo dos “ascensores”. Trata-se de 15 elevadores elétricos que transportam os transeuntes da parte plana da cidade até o alto dos cerros (morros). Eles não sobem na vertical como os elevadores tradicionais, mas sim trechos inclinados.
 
Como os principais pontos turísticos ficam perto uns dos outros, é possível andar bastante a pé na parte antiga e baixa da cidade. Outra opção para mais bem explorar os arredores de Valparaíso seria alugar carro.

Informações Gerais

Idioma: Espanhol
Moeda:
Peso chileno
Fuso:
-1h
Código telefônico:
(56) 32
População:
300 mil habitantes
Voltagem:
220 V
Clima:
Mediterrâneo, com temperatura variável de 12°C a 30°C no verão, e de 5°C a 15°C no inverno. Devido aos ventos fortes e frios do Pacífico, é bom levar um agasalho em qualquer época do ano.

Dicas de Quem Já Foi

  • Giulia Magalhães (1 ano atrás)
    "Valparaiso é um lugar incrível! O mar, as comidas típicas, as baladas a noite tudo é totalmente incrível! A culinária é única, desde os peixes frescos aos hamburguês que são realmente muito famosos! "
  • Luiz Alberto (4 anos atrás)
    "Sim, fui ao Chile recentemente. Retornei a Porto Alegre dia 9 de abril de 2010. Valparaiso é demais, as casas coloridas e desordenadas, ruas sinuosas, morros por toda parte e um hostel maravilhoso que é HI Valparaiso Vila Maria Antonieta. Uma cidade cheia de vida 24 horas com muita gente circulando."
Total 2 depoimentos

Dê a sua dica sobre Valparaíso


Nome:
E-mail:
300 caracteres restantes
Código de Validação: