Toronto

Toronto é a maior cidade canadense e povos de todas as partes do mundo convivem em harmonia no principal pólo econômico e cultural do país. É o destino preferido dos brasucas para estudar inglês no Canadá. Também, pudera! Esta metrópole multilíngue oferece uma completa rede de escolas de idiomas, colleges e universidades nas mais diferentes áreas. Depois do inglês e do chinês, as línguas mais faladas são o alemão, italiano, francês, filipino e espanhol. Com tantas coisas boas para conhecer, aprender e curtir, não há quem resista passar um bom tempo por ali.


Informações Úteis


Clima
o verão vai de junho a setembro (média de 25ºC). E o inverno de dezembro a março (média de –6º)

Fuso Horário
1 hora a menos

Idioma
Inglês e francês

População
2,8 milhões de habitantes

Território
629,91* km²

Código Telefônico
+1 416

Voltagem
110/120V

Moeda
Dólar Canadense

Tomadas

Cultura

00204220.jpg

Uma cidade culturalmente refinada e que abriga as principais formas de arte do país. Assim vivem os torontonianos (como são chamados os moradores locais), que apreciam bastante as óperas e peças de teatro vindas da Broadway. Um bom cineminha também faz parte da programação – e a meia-entrada lá é de terça-feira.

No generoso roteiro de museus, vá com certeza no Royal Ontario Museum (foto), considerado o maior da América do Norte e com rico acerco sobre a história natural canadense. Nele, você pode até visitar a BatCave – sala que simula uma caverna de morcegos – e a Hardwood Forest – ambiente com os diferentes tipos de árvores das florestas de Ontário, incluindo a sugar maple, presente na bandeira do país.


Comida

00204221.jpg

Seguindo o padrão das grandes cidades canadenses, em Toronto a culinária é universal. Os comilões de plantão podem fazer uma verdadeira orgia gastronômica, com pratos japoneses, tailandeses, chineses, coreanos, portugueses, mexicanos e, inclusive, brasileiros, com direito a churrasco e caipirinha. Show de bola! Além disso, alguns dos mais chiques restaurantes têm até música para bailar.

Se não estiver satisfeito, sacie ainda mais o paladar no Saint Lawrence Market. O melhor mercado de alimentos da cidade reúne as típicas gostosuras desta região do país. Situa-se entre a Jarvis e a Front Streets.

Pelo hábito de refeição dos canadenses em geral, o jantar é a hora sagrada. No café da manhã, não podem faltar pães, cereais, iogurte, suco de laranja e capuccino. Já no almoço, eles costumam comer  alimentos leves, como sanduíches e saladas.

Mas um dos pratos mais tradicionais de Toronto, e de grande parte do Canadá, é o Poutine (foto), que é basicamente uma mistura de batata, frango e molho.

A saber: as bebidas alcoólicas em garrafa são vendidas em lojas especiais, chamadas “Liquor”. E os menores de idade, proibidos de comprar os “gorós”, são considerados lá todos aqueles abaixo de 19 anos.


Noite

00204222.jpg

A night ferve em Toronto. E há baladas para todos os gostos: bares, pubs, clubes de jazz e danceterias. No quadrilátero da Yonge Street (rua que entrou para o Guiness Book como a mais extensa da América do Norte), encontram-se as principais casas noturnas, onde a azaração rola solta.

Para não estragar a balada, divirta-se com moderação. Pois a venda de bebida alcoólica nesses estabelecimentos é só até às 2h da matina. A fiscalização é bem rígida e nenhuma “presepada” termina em pizza nem em samba!


Passeios

00204223.jpg

Os cartões-postais torontonianos são vários. Não deixe ao menos de conhecer os mais famosos. Três locais são obrigatórios.

O SkyDome, ou Rogers Centre, o primeiro e gigantesco estádio a ser construído com teto móvel. Depois, vá à CNTower, simplesmente a mais alta torre do mundo, com 533 metros. Em dia de céu claro, é possível enxergar de seu topo até 150 quilômetros de distância e ter, claro, uma vista lindíssima da cidade.

Reserve tempo ainda para as belas Cataratas da Niágara (foto), ou Niagara Falls, a apenas uma hora de carro de Toronto. No verão, este paraíso das águas recebe milhares de turistas. À noite, seus holofotes acesos incrementam o espetáculo da natureza.

Caso deseje ampliar o tour, passe pela Casa Loma, um megacastelo de estilo medieval, o Yorkville, o pequeno e luxuoso bairro da cidade, e o Toronto Islands, conjunto de quatro ilhas e praias para esquecer da vida!Enquanto no inverno, se arrisque sem medo de cair em um dos vários rinques públicos de patinação!


Transporte

00204224.jpg

Agora, a pergunta que não quer calar: como ir a todos os lugares turísticos da cidade? Fácil: de ônibus, bonde, metrô ou trem. O sistema de transporte local – o 3º mais movimentado da América do Norte (atrás de Nova Iorque e Cidade do México) –, é muito prático e cobre toda a cidade.

Existem mais de 400 linhas de ônibus e 12 linhas de bondes que servem a população durante o dia todo. A rede de metrô, por sua vez, possui quatro linhas diferentes, totalizando 70 km de extensão e 80 estações, que costumam fechar às 2 horas da madruga.

Para saber as rotas e horários de funcionamento de cada linha, é só dar uma olhada no TTC map, o mapa que a Toronto Transit Commission distribui gratuitamente em todos os pontos de metrô e trem. Clique aqui para ir à página de downloads do TTC.

E fique tranquilo! Se a preocupação for como voltar da balada, elas ficam em regiões de fácil acesso, e muitos jovens voltam a pé para casa depois da noite boêmia.


Compras

00204225.jpg

Faça chuva ou sol, frio ou calor, em Toronto compra-se de tudo e a qualquer época. No inverno, nada melhor para gastar que na incrível “Cidade Subterrânea”, que é economicamente bem aquecida e interligada por uma imensa rede de passagens, transportes e galerias. O complexo abriga um vasto centro comercial, com lojas, escritórios, shoppings, praça de alimentação, cinemas, academia, estacionamento, supermercados, entre outros estabelecimentos. Tudo espalhado por quatro pisos subsolos.

Mas, quem preferir fazer compras ao ar livre, a principal rota de comércio está ao longo das ruas Yonge, Dundas e Queen Street, onde podem ser encontrados bons restaurantes, shoppings e até mesmo filiais de grandes lojas inglesas.

Munido de bastante grana no bolso? Vá até o consumo chique da região de Bloor e Yorkville. Do contrário, como opção de itens mais baratos, o bairro da comunidade chinesa de Chinatown é perfeito para pechinchar bugigangas, ao passo que o Kensington Market oferece brechós de roupas bem em conta!

Custo de vida em Toronto

Restaurante

Refeição (em local barato) R$ 37,17
Fast food (combo) R$ 20,69
Água R$ 3,95
Cerveja (garrafa) R$ 16,11
Refrigerante (lata) R$ 4,64

Mercado

Pão (500g) R$ 6,86
Ovos (dúzia) R$ 8,21
Queijo local (1kg) R$ 30,90
Maço de cigarro R$ 27,26

Transporte

Passagem local (só de ida) R$ 7,43
Taxi (corrida 1km) R$ 4,34
Gasolina (1 litro) R$ 2,80
Passe comum mensal R$ 341,94

Diversão

Cinema R$ 32,21
Academia (mensal) R$ 131,36

Moradia

Aluguel Apto Centro (1 quarto) R$ 3.654,38
Aluguel Apto Bairro (1 quarto) R$ 2.850,82
Energia, Gás, Água, Lixo R$ 471,19

Comunicação

Internet Banda Larga R$ 129,79
Ligação Pré-paga (1 min) R$ 0,65

Dicas CI para sua viagem

Verifique a validade do seu passaporte e dos vistos, caso você vá passar por algum país que exija a autorização. A validade do documento varia de acordo com o lugar, e a contagem é feita a partir da data de retorno. E mantenha uma cópia das duas primeiras páginas do passaporte, já que em caso de extravio isso pode facilitar os trâmites burocráticos.

Leve uma pequena quantidade de moeda local em espécie e o restante no CI Travel Money, que é mais seguro e prático. Lembre-se que, dependendo do seu roteiro, você pode passar por países que usam moedas diferentes. E deixe seu cartão de crédito apenas para emergências. Assim, você evita surpresas com o câmbio quando a fatura fechar.

É importante levar um kit com medicamentos básicos como analgésico, antigripal, remédio para enjôo, cólica, ressaca e má digestão. Não se esqueça de levar também seus remédios de uso contínuo na quantidade necessária para o período que você ficará no destino, já que pode ser difícil conseguir algumas medicações sem passar por um médico local.


Outras Cidades

escolha uma cidade e saiba mais sobre a cultura, passeios, comida, custo de vida e etc., do destino desejado:


Caia no Mundo

Os 5 países favoritos dos intercambistas

http-caianomundocivirgulauolcombr-wp-content-uploads-2015-06_6_chamada_FB.jpg

Quem decide fazer um intercâmbio quer, acima de tudo, se aperfeiçoar culturalmente. Pode ser o aprimoramento de uma língua, a troca de culturas, um passeio pela história de cada país ou o sempre rico...

Ir para o blog

Canadá com a CI

Trabalhar


TV CI

Conheça o Canadá em 3 minutos

18 de novembro de 2013

Henrique Bertosso

Henrique Bertosso

Estudou inglês em Toronto, Canadá.

Em julho fiz um curso de inglês de 4 semanas em Toronto, Canada. Toronto é linda, segura e organizada. Estudei na ILAC e o curso me ajudou muito a desenvolver meu inglês. A minha casa ficava a 40 minutos da escola, entretanto, fazia todo o trajeto...

Blog Caia no Mundo

ver todos os posts