A cidade mais globalizada do Canadá

Publicada em: 02/03/2010

É fácil explicar por que Toronto é um dos destinos preferidos dos brasucas para estudar inglês. Hospitaleira, a cidade abriu as portas para a imigração e aproveitou o melhor que o contato com outras pessoas do planeta poderia render. O boom de crescimento populacional veio com o fim da 2ª Guerra Mundial. E hoje, Toronto é disparada a metrópole mais globalizada do Canadá, tendo metade dos habitantes nascidos no exterior. A poderosa Nova York que se cuide, senão verá seu título de “capital do mundo” ameaçado.

Depois do inglês e do chinês, os idiomas mais falados em Toronto são o alemão, italiano, francês, filipino e espanhol. Nesta metrópole multilíngue, são comuns os bairros que abrigam colônias de diferentes nacionalidades. Indianos, árabes, africanos, portugueses, italianos, franceses, ingleses (gregos e troianos!) transformaram o lugar com suas caras, hábitos e costumes. Um mosaico de cores e sotaques convivendo em harmonia.

Lá, não deixe de conhecer uma das cinco Chinatowns, os distritos chineses onde se vende de tudo, ou a Little Italy, Little India, Little Vietnã, Little Portugal, Greektown e por aí vai. Um mix e tanto vitaminado por mais de cem culturas mundiais. Toda essa influência multicultural pode, na prática, também ser conferida nos mercados, lojas e cardápios dos inúmeros restaurantes.

Graças a tanta mistura, a cidade se enche de vida e calor humano para acolher muito bem a todos de fora. Como os próprios canadenses costumam dizer: “o mundo inteiro cabe dentro de Toronto”.


Leia Mais

Outros artigos ver lista completa