O festivo verão romano

Tanto de dia quanto de noite, Roma fica mais apaixonante e bonita no verão, onde ocorrem diversos festivais e o povo sai as ruas para aproveitar o clima quente da estação.

Publicada em: 25/04/2011

Visitar a capital italiana é apaixonante em qualquer época do ano. Mas, no verão, fica ainda melhor. A cidade se transforma para receber os turistas.

As ruas, praças e cartões-postais de Roma ficam lotados na estação mais quente do ano, especialmente em julho. Em agosto, mês de pico do sol, muitos moradores locais saem de férias, o que não impede de quem vem de fora curtir a cidade. Devido às altas temperaturas, beba muita água. Para economizar alguns euros, leve uma garrafinha para encher pelas diversas fontes de água potável.

Além de calor, o clima é de balada ao ar livre, já que Roma vira palco de diversos festivais de música, cinema e eventos culturais como concertos e saraus. Destaques para o Festival de Jazz em Villa Celimontana e para a Festa de Noantri, repleta de peças teatrais e shows ao vivo no bairro Trastevere.

Durante os dias quentes, por sinal, os romanos adoram ficar até tarde na rua. Seja para beber um vinho ou cerveja, tomar sorvete, se refrescar nas fontes ou nos bancos das praças, ou respirar o ar puro das mesinhas nas calçadas de bares, cafeterias e restaurantes. Até mesmo uma praia artificial é montada ao lado do castelo Sant'Angelo, bem perto da Praça de São Pedro, para receber eventos artísticos.

As barraquinhas de comida e artesanato às margens do rio Tibre e o tradicional grattacchecaro (vendedor de raspadinha) da Ponte Cestio são outras atrações de veraneio imperdíveis em Roma. Os dois locais ficam repletos de jovens em busca de diversão e paquera. A ilha do rio Tibre, na área central, também ferve com uma programação repleta de espetáculos de cabaré, danças, músicas e mostras de todo tipo.

Ao mesmo tempo, o verão é um convite para admirar a beleza noturna da cidade, horário em que a elevada temperatura está mais amena.  Os inúmeros monumentos e ruínas espalhados ganham destaque ao brilho das luzes amareladas. E tudo fica mais iluminado na melodia dos vários músicos que se apresentam pelas vias locais. Parafraseando o título de uma famosa música brasileira, a capital da Velha Bota inspira e realiza qualquer “sonho de uma noite de verão”.


Leia Mais

Outros artigos ver lista completa