Clippings

Publicada em: 27/09/19

Feiras de intercâmbio: veja 6 eventos no Brasil e 5 dicas para escolher sua viagem

De setembro a outubro, São Paulo e outros Estados recebem seis eventos voltados a quem quer estudar e trabalhar em outro país

O assunto intercâmbio não é novo, mas, todos os anos, novas tendências surgem, o público interessado em estudar e trabalhar fora do País cresce e, assim, mais opções de destinos e experiências são vendidas neste promissor mercado educativo. Não a tôa, somente neste mês de setembro, seis feiras de intercâmbio ocorrem em diversas cidades brasileiras.

Câmbio favorável, qualidade de vida, facilidade de visto e poder combinar estudo com trabalho são outros fatores que o brasileiro leva em conta na hora de escolher o destino da viagem, de acordo com a BELTA. Além de aprender um novo idioma, há muita gente buscando experiências internacionais que contribuam com a formação acadêmica e profissional - cursos de especialização, pós-graduação, mestrados e doutorados, por exemplo. E isso também muda o perfil de quem viaja para fora: se a maioria ainda é jovem, cada vez mais adultos, de todas as idades, procura opções de vivência no exterior. 

Tudo isso se reflete nas programações das feiras de intercâmbio deste ano, plurais e bastante semelhantes no sentido do que oferecem aos visitantes: planos de estudo diversificados e que estejam ligados ao mundo do trabalho. 

Com a ajuda da presidente BELTA, Maura Leão, listamos cinco dicas para você escolher seu destino e curso. E também indicamos seis eventos de intercâmbio que ocorrerão durante todo o mês de setembro para você não correr o risco de adiar, por falta de informações, o sonho de estudar e trabalhar fora.

5 dicas para aproveitar os eventos e escolher seu intercâmbio

1 - Pesquisa e planejamento são as palavras de ordem. Para encontrar o que mais tem a ver com o seu perfil, anote seus objetivos esducassionais e profissionais antes de ir ao evento. “Claro que ao chegar na feira você terá acesso a diversas informações dos países como câmbio, vistos, melhores universidades, etc. Todavia, ter os objetivos escritos antes de ir te dará um norte melhor para escolher as palestras que deseja assistir e também otimizar o tempo. Dessa forma, você visitará os stands que fazem mais sentido com os seus objetivos. Seja ele cursar uma graduação no exterior ou mesmo fazer um curso de idiomas de curta duração”, diz Maura Leão. Se a feira tiver aplicativo, como a EduExpo (leia sobre ela abaixo), poder ficar ainda mais fácil a visita.

2 - Não se deixe levar pelo preço mais barato de um programa de intercâmbio sem pesquisar bastante e conversar com especialistas e pessoas que já viveram a experiência - e, para isso, as feiras são ótimas. Muitas vezes, o custo de vida em um destino é tão alto que o valor mais baixo de uma escola ou programa pode não compensar no fim das contas. Também vale calcular o que vale mais a penas, se hospedar em alojamento estudantil ou ficar em casa de família, onde algumas refeições podem estar incluídas. Em resumo, coloque no papel todos os valores antes de decidir.

3 - “Desmistifique que intercâmbio tem idade. Conhecer outras culturas, fazer um curso de vinhos e/ou gastronomia em outro idioma, ter uma sala de estudo focada em determinada faixa etária: tudo isso é possível, tenha você 40, 50, 70 anos”, afirma Maura. A jornalista Nathalia Molina, que assina o blog Canadá para Viagem com notícias sobre o país,  fez uma reportagem contando como foi a experiência dela ao viver um intercâmbio aos 46 anos de idade: bit.ly/intercambioaos46.

4 - Se seu objetivo for trabalhar além de estudar, fique atento às regras do destino. Nem todos dão a estudantes intercambistas o direito de entrar no mercado de trabalho durante o curso. Também fique atento ao seguro, ter um mais eficiente é imprescindível para evitar mais dores de cabeça. 

5 - Foi às feiras e voltou para casa com muito mais ideias de viagens e dúvidas do que escolher? Maura Leão recomenda fazer um check-list depois, analisando “os panfletos, materiais gráficos, e-mails que irá receber das instituições de ensino” de acordo com suas prioridades, selecionando o país que mais faz sentido para os seus objetivos pessoais. E, antes de fechar negócio, pesquise também o histórico da agência de intercâmbio, tente achar avaliações e comentários de outros estudantes na internet (e nas próprias feiras). Ser associada a BELTA, por exemplo, já é um indicativo de credibilidade.

6 feiras de intercâmbio em setembro

1 - EXPO CANADÁ 

Em São Paulo dia 14/09, no Espaço Citroen.

Ocorre ainda em Brasília (16), Natal (18), João Pessoa (19), Rio de Janeiro (21) e Cabo Frio (23).

Misto de feira e palestras, o evento é dedicado exclusivamente ao Canadá e suas oportunidades de intercâmbio, com foco em programas de estudo e trabalho de longa duração. A entrada é gratuita, mas as palestras - que podem ser úteis para sanar dúvidas e descobrir novidades - são pagas (R$ 80). Se você estiver decidido a mudar para o Canadá, pode pagar por uma consultoria na feira e saber todo passo a passo (R$ 599).  Inscrições no site. 

2 - SALÃO DO ESTUDANTE 

Em São Paulo nos dias 14 e 15 de setembro, no Centro Fecomercio.

Ocorre ainda em Salvador (17), Brasília (19) e Belo Horizonte (20).

Com 300 expositores e movimentação esperada de 35 mil pessoas, a feira passou já pelo Rio de Janeiro e por Curitiba e chega a São Paulo neste fim de semana. Terá seminários, bate-papos com representantes de governos e de escolas de idiomas de 16 países, além da presença de ex-alunos e agências de intercâmbio esclarecendo dúvidas sobre cursos de ensino médio, graduação e pós-graduação. Entrada gratuita. Inscrições no site.

3 - FEIRA TRABALHAR E ESTUDAR DA CI

Em São Paulo, dia 14 de setembro, no Hotel Tivoli Mofarrej.

A feira organizada pela CI Intercâmbio e Viagem ocorre na capital paulista pela terceira vez este ano. Contará com a presença de 35 instituições internacionais e parceiros conduzindo workshops. O SENAC, por exemplo, será responsável por uma palestra sobre hotelaria. O destaque da feira são as viagens voltadas aos adultos, com foco na dobradinha estudo/trabalho e educação executiva. Entrada gratuita. Inscrições no site.

MAIS - Uma inteligência artificial te guia pelo bicentenário Museu do Prado

4 - ESTUDAR NA ESPANHA 

Em São Paulo, dia 17 de setembro, no Instituto Cervantes.

No Rio de Janeiro, dia 19 de setembro, na UERJ (Maracanã).

Apesar de a preferência dos brasileiros ser por destinos de língua inglesa, a Espanha está entre os países preferidos para quem quer estudar ou praticar o espanhol. Este público poderá conferir a terceira edição do evento voltado exclusivamente a intercâmbio no país europeu, organizado pela Embaixada da Espanha no Brasil e pelo SEPIE (Serviço Espanhol para Internacionalização da Educação). Serão 17 universidades e instituições espanholas disponíveis para conversas sobre cursos de graduação, mestrado, doutorado e especialização. Entrada gratuita. Inscrições no site.

5 - EDUEXPO

Em São Paulo, dias 21 e 22 de setembro, no Centro de Convenções Frei Caneca.

Ocorre ainda em Campinas (19), Recife (24), Brasília (26), Porto Alegre (29), Curitiba (01/10), Rio de Janeiro (3 e 4/10).

Serão 150 expositores, contando com a presença de representantes de governos internacionais, escolas e universidades de outros países e agências de intercâmbio brasileiras participando de 35 palestras sobre questões práticas como documentação necessária, visto, imigração, acomodação e passagens; sobre características de destinos - Estados Unidos, Holanda, Austrália, França, entre outros -; e sobre os tipos de cursos possíveis. Entrada gratuita. Inscrições no site.

6. EDUCANADÁ

Em São Paulo, dias 21 e 22 de setembro, no Centro de Convenções Frei Caneca.

Ocorre ainda em Campinas (19), Recife (24), Brasília (26), Porto Alegre (29), Curitiba (01/10), Rio de Janeiro (3 e 4/10).

A EduCanadá ocorre dentro da EduExpo (nos mesmos locais, datas e horários). Ou seja, se seu objetivo for mesmo o Canadá, já vá direto para a área do país. Serão mais de 50 expositores, entre representandes de escolas e universidades e do consulado do país, disponíveis para conversas com quem busca cursos de idiomas, ensino médio, graduação, pós e MBA. A entrada é grátis e a mesma da EduExpo. Inscreva-se no site das duas feiras. 


Link da notícia: O Estado de São paulo - online


Voltar para Sala de Imprensa