Eu Fui!


Fabrício Santos

A maneira como eu cheguei até a Brodway foi interessante. Eu precisava trocar dinheiro (de real para dólar) e não sabia onde ir... Saí andando sem rumo e perguntando a todo mundo. Todos falavam que eu precisava ir para a TIME SQUARE...

Fui seguindo as direções e nem me toquei por onde eu estava me aproximando... Minhas pernas já doíam quando vi bem lá longe algumas luzes fortes... O fluxo de pessoas ia aumentando... Todos super arrumados, faces distintas... Mulheres como só julguei conhecer por filmes: olhos puxados, redondos. Os idiomas misturados me lembrava como seria as primeiras horas após a queda de Babel...

Eu ia seguindo pela luz que hipnotizava, prendia e chamava... Quando consegui ter idéia de onde estava chegando, minha boca aberta mostrava o melhor lugar do mundo para terminar uma caminhada sem destino: o centro dos maiores musicais de toda a Terra; a Brodway!!!

Esqueci-me do dinheiro... Lembrei-me dele novamente ao ter desejo de assistir Mama Mia, que estava em cartaz... Como mágica, encontrei um porto-riquenho que me ajudou a encontrar um lugar para fazer o câmbio dos valores.

Após isso, somente eu e a Brodway... por uma noite inteira: amor à primeira vista.

Blog Caia no Mundo

Novidades CI