Eu Fui!


Nathan Benchimol

Trabalhou como Voluntário na África do Sul

Assim que cheguei no rehab center já pude ver rinocerontes, babuínos e  girafas. Tivemos um dia de introdução sobre o rehab, onde conhecemos a história dele, a situação da natureza, da preservação dos animais e também sobre a África do Sul.

Cada grupo tinha seus animais, os quais diariamente tinhamos que cuidar, limpando as jaulas, trocando a água, etc. Durante o dia tinha os turnos de ''nursery'', onde os voluntários revesavam para tomar conta dos filhotes que foram abandonados ou perderam as mães. Tinham 2 filhotes de rinocerontes que eram a atração do parque.

Também fiz excursões e passeios, o que mais gostei foi um dia inteiro no KrugerPark e de quando passamos um dia de sobrevivência na mata.

Ainda a passeio, fiquei dois dias em Cape Town, duas noites em Stormsriver, onde fiz o maior bungee do mundo (216m) e conheci o parque nacional do Tsitsikamma, depois passei mais 4 dias em Jefreys Bay, uma cidade que vive do surf, num Backpacker em frente a praia chamado IslandVIbe com muita gente divertida e altas ondas.

Com o trabalho pude ter um contato muito grande com animais, pude me relacionar com pessoas do mundo inteiro, aprender bastante sobre a África em geral, além da diversão e claro, a oportunidade de falar muito inglês.

Nathan Benchimol foi voluntário dos programas Private Game Farm e Wildlife Care Centre na África do Sul.

Blog Caia no Mundo

Novidades CI