Eu Fui!


Rafael Martins

Fui para uma cidadezinha chamada Weels e trabalhava em Keneebunk no estado de Maine, Estados Unidos.

Eu trabalhava em uma espécie de praça de alimentação para viajantes que ficava na highway, a estrada interestadual americana, tive vários trabalhos como atendente de caixa, pizzaiolo, trabalhei também na cozinha do Burguer King fazendo hamburgers e também em uma cafeteria.

Essa foi uma das experiencias mais gratificantes da minha vida, além de aprender uma nova profissão pude fazer vários amigos, dos quais nunca me esquecerei!

Conviver com uma cultura diferente da sua sempre é um choque no início, a língua, a comida, os valores, os hábitos, a estrutura do país, tudo é diferente. Os americanos realmente comem hamburguers no café da manhâ, no almoço e no jantar, valorizam muito os seus soldados, têm até um feriado para isso o Memorial Day, o dia quando eles relembram de todos os soldados mortos em combate, defendendo seu país. São educados, pedem sempre por favor e agradecem com obrigado, no trânsito respeitam sempre os pedestres e até o limite de velocidade. O país é muito seguro, pode-se andar pelas ruas sem o menor medo de sofrer qualquer tipo de vilolência. É bem estruturado com estradas bem conservadas, escolas públicas grandes com ginásios, bibliotecas, qualidade de ensino e transporte gratuito para os alunos.

Também possuem hospitais completos, sem filas com atendimento gratuito até mesmo para estrangeiros. Para mim a adaptação foi muito tranquila exceto pela comida, arroz com feijão realmente faz falta!

Com essa viagem consegui apliar minha visão do mundo, conheci um pouquinho de culturas diferentes pois conheci estudantes russos, peruanos e tailandeses, aprendi a respeitar mais as pessoas e as diferenças, consegui conquistar a confiança e respeito de superiores no trabalho, aprendi a administrar o meu próprio dinheiro, tive confiança para aceitar novas responsabilidades e vivi momentos muito felizes e divertidos com os amigos que fiz.

Eu realmente indico esse programa, com toda a certeza!

Pretendo fazer outro intercâmbio como esse no final do próximo ano, se possivel retornar para a mesma cidadezinha no desconhecido estado de Maine que tem como lema: "Maine, o jeito que a vida deve ser".

Blog Caia no Mundo

Novidades CI