Clippings

Publicada em: 02/06/10

Intercâmbio: conhecimento associado ao prazer

Aprender fora do país é eficiente e fortalece o currículo.

Adquirir conhecimento para "turbinar" o currículo não significa fazer sacrifício quando o meio escolhido é o intercâmbio. Aprender em outro país, além de proporcionar um resultado mais rápido e eficiente, acrescenta ao aluno uma experiência de vida que, em muitos casos, é tão valorizado pela empresa quanto o próprio conhecimento em si. Isso tudo associado ao conseqüente e fascinante turismo que essas viagens proporcionam.

O principal motivo dos intercâmbios tem sido o aprendizado da língua inglesa, que praticamente já deixou de ser um requisito no mercado de trabalho para se tornar uma norma. E o principal destino para se aprender inglês mudou junto com a história, após o atentado do 11 de setembro contra os Estados Unidos. Depois da tragédia que deixou quase três mil mortos em Manhattan, o país dificultou a concessão de vistos. O vizinho Canadá, que três anos antes já atraia a atenção dos alunos, assumiu a liderança no ranking dos países-escola da língua inglesa. Vancouver, eleita a melhor cidade do mundo para se viver, e Toronto, a metrópole multicultural do Canadá, são os dois destinos principais dos estudantes. Juntas, elas atraíram 55% dos dez mil estudantes que a Central de Intercambios (CI) mandou para o país em 2006. A CI e a principal empresa do setor no Brasil e no ano passado mandou 30 mil pessoas para o exterior, um terço delas para fazer intercâmbio. (...)


EPTV.com


Voltar para Sala de Imprensa
Novidades CI