Bianca Lisieski

Au Pair em Washington DC, nos EUA

 

 

Em uma live do instagram no dia 02/06/2020 conversamos com a Bianca Lisieski, que nos contou como ela se tornou Au Pair, desde as pesquisas iniciais até seu dia a dia em Washigton DC atualmente e listamos os pontos abaixo: 

  1. Quem planeja ser Au Pair, precisa ter claro que o foco do programa é cuidar de crianças, apesar de a ideia da viagem ser bastante atraente, portanto, gostar muito dos pequenos é imprescindível.

  2. O programa de Au pair é voltado para mulheres de 18 a 26 anos para trabalhar como babá de crianças em uma família americana.

  3. O programa tem um ano de duração mas com possibilidade de renovação por mais um ano, podendo ou não permanecer com a mesma família.
  4. O primeiro passo para quem pretende ser Au Pair, após procurar uma agência de intercâmbio, é preencher o application.

  5. O application é um questionário em que você demonstra seu interesse no programa, sua experiências com crianças e tudo mais que possa te apresentar para a família que irá te selecionar.

  6. Após a família demonstrar interesse no seu application, a candidata fará uma entrevista com essa família.

  7. Nessa etapa, há tanto a possibilidade de a candidata não ser exatamente o que buscam, assim como pode ser que a família não seja o que a candidata busca, então as entrevistas continuam.

  8. Valem perguntas gerais como localização, ambiente da casa, hábitos e muito mais, tudo para que possam se conhecer melhor.

  9. Uma coisa é fato: Nada será como no Brasil mas tendo tudo acordado, é uma situação que promove muito aprendizado e experiência pessoal e profissional.

  10. O nível mínimo de inglês é o intermediário, tanto para um bom desempenho durante as entrevistas quanto para o dia a dia com a família, além de ser essencial para conseguir fazer novas amizades. Para isso, há um teste de nível durante seu atendimento na CI.

  11. Após embarcar, o destino de toda Au Pair é Nova York para fazer o treinamento inicial como procedimentos básicos de cuidado, primeiros socorros, informações sobre o dia a dia com a família, regras do programa, dicas para atividades com as crianças e muito mais. Durante uma semana, as meninas ficam em NYC, aproveitando o tempo livre após o curso para curtir um dos destinos mais procurados do mundo.

  12. Entenda as diferenças culturais e, principalmente, respeite. Podem parecer estranhos aos nossos hábitos mas está tudo bem para eles.

  13. O dia a dia de uma au pair consiste em começar o dia cedo para cumprir todas as tarefas do dia: Preparar e levar as crianças para a escola, brincar, alimentar, tarefas escolares, cuidados com a higiene e passeios diversos.

  14. Via de regra, ao ser aceita como au pair, é obrigatório que também estude. Uma das possibilidades é o TOFL, um preparatório com certificação. O mais importante, os estudos são pagos pela família.