Eu Fui!


Gustavo Monteiro dos Santos

Cursou Universidade nos Estados Unidos

Minha jornada até aqui tem sido muito empolgante, mas o início foi um pouco complicado. 

Antes de entrar no avião, deu um friozinho na barriga, não consegui dormir no voo. Talvez estivesse ansioso ou nervoso de mais para isso. Eu cheguei no aeroporto e fui muito bem recebido pelo meu treinador de tênis e sua assistente, que por sinal é uma pessoa bem alegre. Nós almoçamos juntos e eles me ajudaram a achar o meu dormitório. Eu fiquei basicamente o dia inteiro no meu quarto, pois não havia quase ninguém na faculdade ainda, ou seja, eu fui um dos primeiros a chegar. 

No dia seguinte, eu fiquei sabendo de um brasileiro que eu conhecia dos torneios de tênis estava vindo para mesma faculdade que eu, juntamente com uma brasileira, ambos para jogar na equipe de tênis, o que foi um alívio para mim, pelo menos não estaria sozinho. 

Os dias de orientação para os recém-chegados na faculdade começaram, o que foi muito bom para conhecer novas pessoas de todos os lugares do mundo. Agora, estou sempre ao redor de diferentes culturas e sempre aprendendo

Eu tenho que dizer isso: todo mundo ama os brasileiros. As americanas que disseram, então quem sou eu pra pensar ao contrário! 

Minhas aulas começaram essa semana, então não tenho muito para compartilhar sobre, mas os professores parecem ser bem atenciosos. Tem sido incrível, as pessoas sempre tentando nos ajudar e querendo o nosso melhor. Se você mostrar ser uma pessoa humilde e de interesse em conhecer pessoas, você vai ser tranquilamente acolhido. 

Agradeço por terem me concebido a oportunidade de relatar um pouquinho da minha experiência até aqui. 

Abraço!

Blog Caia no Mundo

Novidades CI